Notícias
04 Mai. 2016 Exposição Nasoni - Regressos Em parceria entre a Irmandade dos Clérigos e a Santa Casa da Misericórdia do Porto está patente a Exposição «Nasoni - Regressos». Evento
Esta exposição, composta por 40 fotografias selecionadas de um conjunto de centenas de imagens de acompanhamento das obras de requalificação da Igreja dos Clérigos, pelo conhecido fotógrafo portuense, Luís Ferreira Alves, vai estar patente no MMIPO - Museu e Igreja da Misericórdia do Porto, até ao dia 5 de junho de 2016.
Os visitantes desta exposição vão poder tomar contato direto com o testemunho de um lugar e o regresso ao esplendor da arte barroca de Nicolau Nasoni, cuja obra mais emblemática conhecida é a Igreja dos Clérigos.
 
Os visitantes que dispõem do bilhete dos Clérigos, terão acesso gratuito ao local desta exposição.

Recorde-se que as obras de requalificação da Igreja e Torre dos Clérigos foram lançadas em dezembro de 2013, após a assinatura de um protocolo, em março do ano anterior, entre a Irmandade da Torre dos Clérigos, a Direção Regional de Cultura do Norte e a Câmara Municipal do Porto.
 
Biografia de Luís Ferreira Alves 
Luís Ferreira Alves nasceu em Valadares, Vila Nova de Gaia, em 1938. Seccionista ativo do Cineclube do Porto, nos idos de 50, cofundador da Secção de Formato Reduzido e Cinema Experimental, fez parte da equipa que realizou o documentário "Auto da Floripes".  
Nos primórdios dos anos 80 iniciou, como amador, uma intensa atividade fotográfica, sendo de registar a exposição, em colaboração com Gabriela Ribeiro, sobre o teatro independente "Fotografia de Cena", na Árvore, onde também expôs mais tarde uma grande série de imagens subordinados ao tema da destruição urbana da cidade do Porto: "Em busca da cor perdida". 
Especializou-se na fotografia de arquitetura, património e território, publicando regularmente em revistas de todo o mundo. Colaborou intimamente com arquitetos da chamada "Escola do Porto". Realizador de vídeos de arquitetura e culturais, tem dezenas de livros editados e realizou inúmeras exposições, algumas delas em coautoria, dentro e fora do país. 
A 8 de outubro de 2013 foi-lhe atribuído, em Lisboa, o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitetos. Em julho de 2015 foi agraciado pela Câmara Municipal do Porto com a Medalha Municipal de Mérito - Grau Ouro.