Notícias
07 Ago. 2017 Igreja de Vila Verde: Consagração do Altar A cerimónia de consagração e bênção do altar da Igreja românica de São Mamede de Vila Verde, em Felgueiras, vai decorrer no dia 12 de agosto, sábado, pelas 17 horas. Evento
Após esta cerimónia, que será presidida por Sua Excelência Reverendíssima o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, segue-se a homenagem, com a atribuição do título de Cidadão Honorário de Felgueiras e a imposição da Medalha de Ouro do Concelho, a Sua Excelência Reverendíssima o Bispo Auxiliar Emérito do Porto, natural de Vila Verde, D. João Miranda Teixeira.

O documento mais antigo respeitante à Igreja de São Mamede de Vila Verde data de 1220, altura em que já integrava o padroado do Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro. No século XIV, esta Igreja terá sido reedificada, sob a iniciativa dos irmãos Martim e Ana Anes.

A construção de uma nova Igreja paroquial em Vila Verde, em 1866, contribuiu para o progressivo abandono e degradação da Igreja de São Mamede, até ao estado de quase total ruína.

A partir de 2004, esta Igreja foi alvo de uma profunda campanha de obras de conservação, salvaguarda e valorização, a cargo da Direção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), no âmbito do projeto "Rota do Românico do Vale do Sousa”, que a devolveram ao culto e à visitação.

Os últimos trabalhos neste imóvel, classificado em 2012 como Monumento de Interesse Público, decorreram em 2015, já no quadro da atual "Rota do Românico”.

O investimento total na Igreja de São Mamede de Vila Verde e na sua envolvente foi de cerca de 600 mil euros, comparticipado por fundos comunitários e por diversas entidades nacionais, como a DGEMN, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), o Turismo de Portugal e a Câmara Municipal de Felgueiras.